Os 12 Signos de Valentina, de Ray Tavares

|  Por Clara Taveira  |

Mais um livro da Geração Wattpad! Não consigo nem dizer o quanto isso me deixa feliz! Um dia, creio eu, livros nacionais publicados por grandes editoras serão tão comuns, que eu não vou ficar assim, toda emocionada ao pegar um nas mãos. Por enquanto, me deixe ser essa babona sentimental, por favor. Quem disse que escorpianos não possuem sentimentos? xD

Os 12 Signos de Valentina, para quem não sabe, foi um grande sucesso no Wattpad. Lembro quando ele virou destaque, pois foi, se não me falha a memória, na mesma semana que Elle - Música, Amor e Amizade (resenha aqui) virou também. Achei a premissa interessante, coloquei na biblioteca, mas nunca li. Já comentei aqui no Capitu Já Leu antes essa minha mania torta: eu acabo deixando para ler depois os destaques da plataforma, até que eles saem do Wattpad, aí eu leio na Amazon (foi o que aconteceu com Orange Kiss - resenha aqui - e com outros vários!). Não é por mal, juro, mas acabou virando um padrão! Vou passando outros livros na frente (por exemplo, agora estou lendo o maravilhoso Entre Bodes e Flores, do Laurel - link aqui) e acabo empurrando outros livros, principalmente os destaques, para o fim da fila… Isso que dá ser hiperativa!!

Mas vejam pelo lado bom: ao menos eu compro o e-book depois, né? Linguagem do Amor tá aí para comprovar o que eu digo, fiz resenha e tudo, cheia de amor para dar!

Opa, foco, Clara. Vamos voltar para Valentina!

Enfim, estava de boa na lagoa, quando recebo uma notícia: um livro do Wattpad vai ser lançado pela Galera Record! Que maravilha!! Quando fui ver qual era, caí para trás: um dos que eu estava esperando ir para a Amazon! Uau!!

Fiquei sentadinha aguardando as novidades. Primeiro, veio a capa. Linda de morrer. Depois, a pré-venda. Não comprei, não sou fã de pré-venda, prefiro comprar no lançamento, se conseguir vencer minha vergonha master para pedir um autógrafo. Eis que Ray anuncia tarde de autógrafos no Shopping Rio Sul, que eu conheço como a palma da minha mão, já que trabalhei lá e estudei ao lado, na Urca. Pronto, eu pensei, chegou o momento, e lá fui eu. Quase morri de vergonha, mas voltei para casa feliz, com uma edição MARAVILHOSA, CAPA FOSCA, LINDA DO CARAMBA, GALERA RECORD, ME BEIJA NA BOCA, POR FAVOR, MEU MAPA ASTRAL DIZ QUE EU SOU UMA EXCELENTE BEIJOQUEIRA!

(Por mim, todos os livros seriam de capa fosca ou com verniz aveludadinho. Amo.)

Comecei a ler sem expectativa alguma. Presta atenção: não comecei a ler com baixas expectativas, tipo “ah, deve ser ruim”. Comecei a ler sem ter o que pensar. Nunca tinha lido nada da Ray, meu círculo de amizades também não, então fui só com o pensamento rico e feliz de que mais um autor nacional independente foi publicado. Então fui de braços abertos, caindo de cara, e como valeu a pena!!

Demorei um pouco mais do que o normal para ler, pois várias revisões surgiram ao mesmo tempo na minha empresa, então o ritmo de leitura pessoal foi mais lento. Mas, cara, o livro ia comigo para tudo quanto é canto. Meu marido ia cozinhar e me pedia para fazer companhia na cozinha: Valentina ia comigo. Ia jogar Hitman (o de 2016, que tem uma tela de carregamento de 84 anos), Valentina ia comigo. Ia ao banheiro, Valentina ia… Ops. Oversharing?

QUE LIVRO DIVERTIDO!!! Cara, eu me peguei roncando (porque eu não sou princesa Disney, não dou risadinhas quando leio livro, ronco que nem um porco com nariz entupido mesmo) em vários momentos, me emocionei, torci pela Isadora, pelo Andrei, torci para um rolo compressor dar uns centímetros extras para o Lucas… Ah, vai, gente, eu sou vingativa, me deixa. Tó, lê a sinopse, enquanto eu fico pensando modos de torturar o ex-namorado safado da Isa-Valentina!

Isadora é ariana e seu ex namorado pisciano... Inferno astral! Em busca da combinação astrológica perfeita, ela cria um blog para relatar suas experiências. Isadora descobriu da pior forma possível que o namorado a traíra. E com sua melhor amiga, ainda por cima! A estudante de jornalismo entra numa fossa sem fim. Sem nenhum estágio à vista, ela se afoga em filmes feitos para chorar, pizza e em sua mais nova obsessão: stalkear o perfil do ex namorado no Facebook. Até descobrir exatamente o que deu errado entre ela e Lucas: seus signos são incompatíveis. Basta encontrar um rapaz de libra e seu mundo entrará nos eixos novamente. Com a nova obsessão e a desculpa do trabalho final de jornalismo online, uma reportagem investigativa sob um pseudônimo, Isadora une o útil ao agradável e cria um blog para relatar a experiência: Os 12 signos de Valentina. Já que precisa encontrar o libriano perfeito, por que não aproveita e experimenta os outros signos do zodíaco para ter certeza mesmo?

Hm, e se a Isadora fizesse uma live no Facebook contando que o Lucas tinha um minúsculo…? Ah, já leram a sinopse? Ok, vamos voltar para a resenha!

Isadora, como a sinopse já contou, mergulha num mar de Sentimento de Domingo, também conhecido como banzo, pois seu namorado a troca por uma amiga (DELA, VEJA BEM), e a pobre da Isa só descobre isso no dia de seu aniversário.

Gente.

Eu já passei por isso.

Não terminem com seus namorados e namoradas no dia do aniversário deles.

Vocês vão para o inferno se fizerem isso.

Perguntem ao meu ex-namorado o que aconteceu com ele.

Oi, Clara, eu já não te amo como antes, feliz aniversário.
(Não aconteceu nada com ele, na verdade, mas, mentalmente, ele morreu em 2010 atropelado por um daqueles cavalinhos motorizados de shopping. Desgraçado.)

Enfim, o modo que eu fiz para superar o pé na bunda no dia do meu aniversário foi começando a namorar meu marido no dia seguinte, mas reconheço que eu sou o clichê máximo do romance de banca de jornal, então nem todo mundo tem a mesma sorte, não é mesmo? Isa, por exemplo, lida com o banzo xeretando a vida do ex em redes sociais, bem deprezuda da vida, até que sua prima maravilhosa resolve puxá-la pelos cabelos para sair dessa loucura toda e a chama para sair. Meio a contragosto, ela topa, vai para um bar, bebe além da conta e termina a noite no banheiro, conversando com a faxineira do bar.

E é essa a virada de Isa! A faxineira (melhor pessoa), dona Marisa, manda a real para ela: a culpa é dos signos! Isa, então, vira outra pessoa. Sai de Rainha da Fossa para Maluca dos Signos e decide que vai prestar mais atenção em astrologia! Afinal, se não deu certo com o imbecil do Lucas, só pode ser porque ele é de Peixes, e colocar esse signo com Áries é uma pééééssima combinação!

Né?

Sei lá, a tia da faxina disse que é, eu acredito. Não entendo nada de signos além do que aprendi em W.I.T.C.H. e de que  "Escorpião = sexo, Áries = Lúcifer, Leão = estrelinha e Câncer = lágrimas". E discordo muito disso, há um coração batendo dentro desse corpinho escorpiano aqui, poxa, não somos uma máquina de saliência!

(Mas o resto é verdade, minha mãe quer matar todo mundo em pactos satânicos, minha vó quer ser rainha da vida e meu marido é sentimental nível novela mexicana. Foi mal aí, família, vocês sabem que eu tenho razão nisso.)

Quando um professor da faculdade passa uma atividade de pesquisa para a turma de Isa, a bichinha decide juntar o útil ao agradável: vai fazer um experimento envolvendo garotos e signos e vai postar tudo em um blog, bem documentadinho! E eis que surge OS 12 SIGNOS DE VALENTINA, seu site pessoal repleto de detalhes de todas as suas saídas com garotos de todos os signos. Confesso que achei genial os relatórios dela, bem detalhados, divertidos e até com dreamcast! Adoro dreamcast, me julguem, nem ligo.

O que Isa não contava nessa brincadeira-não-tão-brincadeira-assim era que sua verdade absoluta sobre signos talvez não fosse tão certeira, e que um rapaz nerdzão (adoro) mexeria com suas certezas sobre relacionamentos e astrologia.

Os 12 Signos de Valentina é um livro divertidíssimo, repleto de ironias sobre várias coisas, de machismo a privilégios, mas não de um modo chato e pesado. É obra dessas boas de ler nas cobertas, com chocolate quente (café, no meu caso. Os dois juntos, se der), um gato ou cachorro enroscado nas pernas e Zodiac, da Roberta Kelly (RAINHA!) como trilha sonora. Ah, com um apoio para o café/chocolate quente, para você não tomar banho de coisa quente quando for rir.

E vai por mim, você vai rir.

A não ser que seu mapa astral inteiro tenha Escorpião e você seja montado nas trevas.

Não, mesmo assim, você vai rir de qualquer modo. Eu tenho uns 4 desses no meu e ri que nem uma foca amestrada.

Divirta-se!

(Aliás, depois de ler o livro, fui fazer meu mapa astral. 99% perfeito e aquele 1% que disse "você adora viajar e sair de casa". Quem estava no lançamento do livro sabe que isso é mentira, eu sou tímida pra diabo e extremamente caseira! Só faltei me esconder dentro do banheiro do shopping. Culpo os 4 Escorpiões no meu mapa astral. Só pode ser culpa deles.)

6 comentários:

  1. Ameiii, já quero!!!
    Resenha maravilhosa e muito sucesso para a Ray Tavares!!!

    ResponderExcluir
  2. Gzuis amadooooooo!!! Socorre que essa resenha tá muito hilária!!! Hahahahahaha. Eu comprei o livro na pré-venda pq aqui no DF nunca tem lançamento (como isso me mata!) Já comecei a leitura e me identifico com a Isa em vários momentos tbm. Está incrível! Leitura deliciosa, principalmente pra quando a gente tá naquela bad ou na fase mais carente! A Ray arrasou muito! E parabéns pela resenha que tbm me fez rir litros!!!

    ResponderExcluir
  3. só pelo fato de ter signos já to louca pra ler ehruehe, ta na minha lista, mas tempo ta complicadoo kkk

    ResponderExcluir
  4. Que resenha linda aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, você é muito divertida resenhando, e esse livro parece ser um filezinho.

    ResponderExcluir
  5. Acabei de ler tem alguns minutos e vim ler essa resenha mara!! Cara,esse é, com toda a certeza, um dos melhores livros que li esse ano!! Ray arrasou demais!

    ResponderExcluir