Heartbreaker, de Ana Luíza Marriel


|  Por Clara Taveira  | 

Ok, vamos à confissão: eu tenho um fraco absurdo por bateristas. Mas não qualquer baterista: eu amo aqueles bateristas, do tipo que você ouve e pensa “meu Deus, que Ganesha de mil mãos essa pessoa é???”, sabe? Tenho uma queda-precipício por gente que sabe o que fazer com suas baquetas (sem trocadilhos, por favorzinho).

Um dos meus bateristas preferidos no planeta é o Shannon Leto, da banda Thirty Seconds to Mars, conhecem? Não? Deveriam conhecer. Tanto a banda quanto o Shannon, são fantásticos. Lindos. Sensuais. Gatos. Cremosos.

Ok, parei.

Há uma funcionalidade maravilhosa, tanto no Wattpad quanto em outras plataformas de autopublicação, chamada “dreamcast”, ou seja, o Elenco dos Sonhos. Se o seu livro fosse virar um filme, quem você gostaria que interpretasse seus personagens? No caso de Ana Luiza Marriel, autora de Heartbreaker, o escolhido foi exatamente essa delícia cremosa que é o Shannon Leto. Me ganhou de primeira, não vou mentir.

Heartbreaker é um daqueles romances com protagonista meio malvada que a gente até pode pensar em odiar um pouquinho, mas depois percebe que é impossível. Lauren é linda, sexy, poderosa, uma estrela na arte da sedução e de partir corações de homens babacas. Me diz, COMO A GENTE ODEIA ESSA MULHER? Claro que não, quero um workshop dela me ensinando a ser malvada, muito obrigada!

Sua profissão é, por incrível que pareça, ser uma Heartbreaker profissional! Sim, ela é contratada por mulheres feridas para esmigalhar os sentimentos dos homens traidores e babacões. Imagina uma detetive particular, só que em vez de recolher dados e entregar para as esposas traidas, ela os usa em favor próprio para conquistar esses homens malvados e os fazer provar do próprio veneno. MIAU!

O que Lauren não imaginava é que… bom… um dia, o feitiço ia virar um pouquiiinho contra a feiticeira, sabe? Seu novo alvo, Shane (opa, notou aí a semelhança com um certo nome? Me gusta!), acaba se tornando um pouco mais do que um simples… alvo. E agora, José? E agora vamos lá, que o romance acabou de começar!

Com uma escrita leve e fluída, Heartbreaker é um romance encantador, desses que você senta e lê em uma tarde chuvosa com um bom copão de café quentinho enquanto fica se perguntando como Lauren faz para ser tão maravilhosona assim.

Fico no aguardo de uma palestra, senhorita Lauren! Muito obrigada!

P.S.: Shane, me liga.


Um comentário:

  1. AAAAA!! Que linda!! Eu fico tão feliz quando leio uma resenha mara dessas!! Obrigada, gente!💖💖💖

    ResponderExcluir