Me Descobrindo Mulher, de Manu Torres

|  Por Aretha V. Guedes  |

Quando o amor próprio é o principal ingrediente de um bom relacionamento

Ao ler os primeiros parágrafos de "Me descobrindo mulher", eu tive um misto de emoções: primeiro raiva do Leo, e depois pena do Isa.

“Eu nunca disse que amava você.”

Eu disse que fiquei com raiva de Leo? Pois é, foi muita raiva, mas compreendi o motivo de ele ir embora. O tema abordado neste livro é algo comum em muitos lares brasileiros: a vida sexual – ou a falta dela – atrapalhando um casamento que tinha tudo para dar certo. Por muitos séculos, as mulheres foram reprimidas em diversos aspectos, principalmente em relação ao seu desejo sexual. As últimas décadas representaram a libertação feminina das amarras impostas pela sociedade tradicional. Nos últimos anos, com a disseminação da literatura erótica, as mulheres tornaram-se cada vez mais à vontade com sua sexualidade.
Contudo, ainda nos deparamos com mulheres mais recatadas, que reprimem sua libido. E assim era Isa, uma linda mulher, bem sucedida profissionalmente e casada com um homem amoroso. Um casamento recente, ainda deveriam estar em lua de mel, mas ela era fria entre quatro paredes. Isabela interiorizou a má experiência da mãe e acreditou que o sexo se tratava de uma tortura para a mulher, existindo apenas para satisfazer o homem.
“O sexo é para o prazer dos homens, Lilian. As mulheres fazem o sacrifício de suportar isso, mas, eu não conseguia parecer feliz durante o ato, entende? E eu sei que é isso que os caras querem, eles querem que a gente pareça feliz durante o ato.”
Leo não ficou bem com aquilo, ele queria uma esposa para compartilhar o prazer, não para ser uma boneca inflável viva. Ok, ele ganhou alguns pontos comigo depois que entendi esse motivo.

“Isabela, quando eu te conheci era difícil disfarçar a excitação louca que eu sentia por você. Seu corpo, sua boca. Porra! Eu morria de tesão. Mas depois que nos casamos você age como se tivesse nojo de mim. Não aceita meu toque e sempre me evita. Isso é mais do que eu posso suportar.”
Abandonada pelo marido, o que Isa fez? Chorou seu infortúnio o livro inteiro? Decidiu cair na farra e transar feito louca para se vingar? Não! Com a ajuda de sua tia Luíza e da melhor amiga Lilian – duas personagens que eu amo! –, ela decidiu descobrir o seu lado mulher.

“Amanhã nós vamos ajudar você a descobrir a tigresa que habita em seu interior. Boa noite. Ah! E nada de desânimo. A batalha ainda não começou, e o Leonardo não vai resistir à mulher que você vai se tornar.”
Este é um ponto chave do livro, ela não ficou em função do homem. Isa foi primeiro em busca do crescimento dela para depois tentar recuperar seu casamento. Até aqui, você deve estar pensando como posso achar Leo um cara legal. Bem, ele é, apesar de ter entrado e saído da minha lista dark por diversas vezes durante a história. Em alguns momentos, eu só queria entrar no livro e apertar o seu lindo pescocinho.

Me Descobrindo Mulher é escrito em primeira pessoa e alterna entre os pontos de vista de Leo e Isa, principalmente. E isto foi o que o salvou da minha lista de mocinhos odiados. Quando eu lia o ponto de vista dele, compreendia suas atitudes e as besteiras que fazia. Não aprovava, mas entendia.
“Hoje eu não diria nada. Sou covarde demais para destruir a nossa felicidade. E se ela não me perdoasse? Como suportaria a dor de viver mais uma vez separado da mulher da minha vida?”
Se não bastasse ter uma mulher disposta a lutar por sua confiança e seu amor, ainda nos deparamos com outros dois homens lindos que gostariam de roubar o coração de Isa – e o nosso –, Juan e Igor. Juan é um pecado latino, que só ficaria melhor se viesse banhado em chocolate, e o doutor Igor…

Bem, o ginecologista mais devasso da clínica Doutor Estevão – local de trabalho da Isa e do Leo – ficará para a próxima resenha, com o volume dois da série Descobrindo: De Repente Apaixonado. Só teve uma pessoa que não conseguiu sair da minha lista negra: Gabi. Talvez um dia eu a perdoe, mas não no momento.

Me Descobrindo Mulher é um livro erótico com cenas hot deliciosas, recheadas de amor e descobertas. Os livros da Manu Torres conquistaram milhões de leituras na internet. A primeira edição foi lançada pela Editora Bezz e agora, em sua segunda edição, pode ser comprado diretamente com a autora. A versão digital do livro e sua sequência, "De repente apaixonado", podem ser adquirido na Amazon. Clique Aqui para comprar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário