CD da Semana: Another Eternity, de Purity Ring


Como já comentei várias vezes, eu sou revisora e adoro trabalhar ouvindo música. Em alguns dias, eu preciso de Donna Summer berrando bem alto. Em outros, preciso de um instrumental calmo. Depende muito do momento e da obra que estou revisando.

Another Eternity, do duo canadense de pop indie Purity Ring, é um álbum que se encaixa na maioria dos meus trabalhos, pela voz melódica da vocalista, suas batidas certeiras e seu ritmo futurista.
Apesar das várias categorias loucas que críticos usam para classificar a banda (por exemplo, o que raios seria um synthpop, minha gente?), creio que a melhor expressão para definir Another Eternity (além de indie, é claro) é Dream Pop. Sim, pois é um pouco essa a sensação que o álbum inteiro me traz, o que é perfeito para que eu mergulhe de cabeça em diversos universos do mundo literário na hora do meu trabalho.

Além de ser uma excelente trilha sonora para a labuta, Another Eternity tem uma vibe muito gostosa de se usar para ler um livro em um dia frio, com a companhia de um café, em especial um romance desses de acelerar o coração, sabe? É delicioso, te transporta para outro lugar, outra eternidade, perdoem o trocadilho.

AE não é o primeiro álbum da banda de Alberta, mas sem dúvidas é o melhor e mais abrangente de todos. Experimente um dia fazer faxina na casa com ele.

Sim, até isso dá para fazer curtindo o som de Purity Ring! Não é o máximo?